+100%-
Newsletter
/ Testemunhos / Luísa Beltrão

Luísa Beltrão

Publicado em: 30 Outubro, 2014

O meu nome é Luísa Beltrão.
Tenho 7 filhos, a mais nova dos quais, a Luizinha, com 90% de incapacidade por deficiência intelectual.
Aos 11 meses levei-a a Londres e foi-me dito que se vivêssemos em Inglaterra, ela aprenderia a ler, a escrever e viria a ter uma profissão, mas em Portugal não tem hipóteses.
Sozinha, não consigo transformar Portugal, pensei, preciso de me juntar a outros que tenham o mesmo problema e queiram lutar pelos filhos.
Isto foi há 34 anos: eduquei 7 filhos, dei aulas, tornei-me escritora, lancei o projecto Quinta-Essência…
Até aos 28 anos a Luísa frequentou as melhores instituições vocacionadas para deficientes, não aprendeu a ler, nem adquiriu competências profissionais, sociais ou de via diária… e não tinha lugar na sociedade.
No Pais-em-Rede, fui aprendendo eu, experimentando, os conceitos de autodeterminação e de inclusão. Compreendi quão difícil é realizá-los sem suporte.
Há 4 anos decidi correr o risco de a retirar da instituição e levá-la a viver na Comunidade.
Valeu a pena! Tem sido uma espécie de milagre.
A Luísa ultrapassou todas as minhas expetativas e, por vezes, só vendo, como o São Tomé, me convenço.
Oficialmente com 90% de dependência por incapacidade intelectual, a minha Luísa aprende coisas novas e surpreendentes, tais como fazer um laço, vestir-se, tomar banho, fazer refeições simples… trabalhar a sério, levando a bom termo tarefas necessárias. Fez amigas na empresa, já foi convidada sozinha para jantar… uma história interminável…
AGORA, ACREDITO que a Luísa está a conquistar devagarinho a sua autonomia, e cada vez mais. Aprende fazendo e sente-se pessoa porque a levam a sério.
AGORA, ACREDITO que conseguiremos em rede, pais, famílias, técnicos, amigos, criar a mudança em Portugal, a partir de dentro:
– Uma sociedade onde cada pessoa com deficiência seja olhada como um SER completo, capaz de ser feliz e de ter um projeto de vida;
– Uma sociedade que não os torne invisíveis porque os pais trazem à rua, os apoiam na escola, promovem a sua entrada a sua entrada na vida ativa e lhes facilitam a autonomia social
AGORA, TEMOS QUE NOS UNIR para abrir caminhos de INCLUSÃO na sociedade!

Tagus Park
Síntese Azul
VdA
Opart
Mobilitec
Fundação Maria Cavaco Silva
Luso Atlântica
Gulbenkian
DGS
Nucase
Imago
Cision
Magisom
Fundação PT