BPI “LA CAIXA” MAIS UMA VEZ DISTINGUE O TRABALHO DA PAIS EM REDE ATRIBUINDO-LHE DOIS PRÉMIOS EM 2019

O prémio BPI “la Caixa” Capacitar, destina-se a apoiar projetos que promovam a melhoria da qualidade de vida, a ocupação e a autonomia de pessoas com deficiência ou incapacidade permanente em situação de vulnerabilidade social. Graças a este prémio o núcleo de Grândola da Pais em Rede garante que o Projeto GraMi (Grândola Mais Igual) vai continuar a apoiar mais de 100 pessoas com deficiência.

O Prémio BPI “la Caixa” Solidário destina-se a apoiar projetos que promovam a transição e reinserção na vida ativa de jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social, bem como a promoção das suas necessidades básicas. O Programa Voluntariado para Todos do núcleo de Aveiro consiste em acompanhar de forma personalizada 125 seniores isolados através de ações de voluntariado de 25 jovens com deficiência, aumentando assim qualidade de vida e bem-estar dos seniores e a capacitação dos jovens.

Na cerimónia de entrega do prémio, que teve lugar no CCB em Lisboa, em Setembro de 2019, o presidente da Fundação La Caixa, António Barreto, fez um discurso em que reconheceu a dedicação dos voluntários das IPSS.

Nós, membros do Júri, não somos a solidariedade. Nós, La Caixa e BPI, não somos a

solidariedade. Estes prémios não são a nossa solidariedade, são a nossa recompensa

para quem é solidário. Quem realmente é solidário é quem se levanta cedo, se deita

tarde, nem sempre acaba o que quer fazer, renuncia ao prazer ou ao conforto, come e

dorme fora de horas, tem sempre alguém na sua lista de prioridades, é quem renuncia,

quem não conta as horas, quem não mede os esforços, quem tem tantas vezes de

cerrar os dentes em situação difícil, quem esconde lágrimas, quem sente o sofrimento

dos outros e disfarça o seu, essas são as pessoas solidárias, esses são os solidários que

nós queremos recompensar e encorajar!”

Pensamos que António Barreto conhece bem os voluntários da Pais em Rede!