GOT TALENT Portugal 2020 – A dupla Joana Cruz e Celso Jumpe passaram à final.

Uma dupla emocionante e uma atuação memorável. As frases de incentivo acumulam-se nas redes sociais para descrever o momento protagonizado por Joana Cruz, 25 anos, bibliotecária no ISPA – Instituto Universitário, e por Celso Jumpe, de 28, artista de circo contemporâneo, na primeira emissão do Got Talent Portugal de 2020. Quem assistiu, poderá ter-se interrogado como foi possível esta dupla ter chegado ao programa e se o botão dourado teria sido pressionado, entre lágrimas do júri e aplausos de pé, se Joana não tivesse Trissomia 21. A minha intuição diz-me que não. Foi uma discriminação positiva, ainda necessária. Como reconheceu um dos jurados, “há coisas na vida extraordinárias”: “Não tinha de ser tecnicamente perfeito, estava em causa a forma como vocês se conseguem relacionar. É simplesmente notável”.

Para ler o artigo completo: bit.ly/ovoodaJoana